Mais Bolsas 2020: Inscrições, Como Funciona, Bolsas de 75%

O Mais Bolsas 2020 é um dos projetos mais desejados, porque o mesmo ajuda estudantes a conseguirem a graduação dos sonhos. O projeto não tem vínculo com o Governo Federal, mas ajuda estudantes por todo o país. O Mais Bolsas 2020 dará desconto nas mensalidades de muitas instituições privadas, assim os alunos poderão pagar suas mensalidades por um preço menor. Saiba mais, leia o artigo!

Mais Bolsas 2020

Mais Bolsas 2020

Parcerias Mais Bolsas 2020

No mercado de trabalho, ter participado de uma instituição renomada faz toda a diferença no currículo do candidato. Pensando nisso, o projeto tem cada vez mais feito parcerias com instituições privadas de peso.

O meio pelo qual o projeto faz as parcerias é de acordo com a avaliação do MEC para aquela instituição privada.  Assim, o projeto Mais Bolsas 2020 garante que o estudante bolsista conquiste uma faculdade de qualidade.

Consequentemente, as vagas ficam ainda mais disputadas. Por isso, é muito importante que o candidato antecipe sua inscrição. Veja a lista das instituições privadas mais disputadas:

  • UNIP;
  • Estácio;
  • UNISUL;
  • UNIDRUMMOND;
  • Cruzeiro do Sul;
  • CNA (Idiomas);
  • Berlitz (Idiomas);
  • FISK – (Idiomas);
  • Anhanguera;
  • UNIOESTE;
  • Sumaré;
  • UNIASSELVI;
  • UNIJÁ.

É importante o aluno fazer uma boa avaliação dos preços dos cursos, e o funcionamento do mesmo dentro das opções da faculdade.

✓ Saiba como funciona o FIES 2020

Existem faculdades com as mesmas qualidades de ensino, mas com preços diferenciados. O projeto Mais Bolsas 2020 te oferece as melhores opções, boa sorte em sua escolha!


Inscrição online Mais Bolsas 2020

Para fazer a inscrição fácil Mais Bolsas 2020 você precisa estar conectado com a internet, porque o procedimento é 100% online. Veja como funciona:

Mais Bolsas

  • Agora, escolha o nível educacional;
  • Em seguida, selecione o município desejado;
  • Escolha o curso que deseja;
  • Clique na opção “Quero Bolsa”, na opção que você deseja;
  • Leia atentamente as informações, e clique na opção “Quero esta bolsa”;
  • Em seguida, preencha todos os dados corretamente;
  • Feito isso, clique na opção “Confirmar”.

Através do seu login e senha, o sistema irá identificar o aluno. Em seguida, será gerado o boleto da primeira mensalidade do curso do estudante.

✓ Se inscreva também no FIES 2020

Após a fatura ser compensada, o estudante deverá acessar o portal do aluno para emitir a carta de aprovação. Após a emissão, essa carta deve ser levada a faculdade para que a matrícula possa acontecer.


Como funciona o Mais Bolsas

O Mais Bolsa 2020 foi criado e é administrado por uma empresa privada. O objetivo do projeto é dar bolsas de estudos parciais, para os estudantes que solicitarem. Essas bolsas funcionam para instituições privadas.

Assim como outros programas de bolsa estudantil, o Mais Bolsas foi criado para ajudar alunos de baixa renda. E as bolsas são oferecidas para:

  • Curso de graduação;
  • Curso de pós graduação;
  • Curso técnico;
  • Cursos profissionalizantes;
  • Educação básica;
  • Idiomas;
  • Cursos preparatório para concursos.

Se você sonha em cursar algo, faça parte do projeto e ganhe uma bolsa parcial. Além de ser beneficiado, estará construindo sua carreira.


Cursos de graduação Mais Bolsas 2020

Os cursos de graduação Mais Bolsas 2020, é o principal meio pelo qual os estudantes solicitam a bolsa. Isso acontece, porque a maioria das pessoas não tem condições financeiras, para arcar com a mensalidade da graduação.

✓ Confira também as novas regras FIES 2020

Para alcançar o maior número de estudantes, o projeto oferece muitas opções variadas de diferentes gostos vocacionais. Assim, o estudante terá muitas possibilidades e poderá escolher a bolsa do curso que é do seu gosto.

Os valores de cada bolsa variam de acordo com o curso e a universidade parceira do projeto. O valor da bolsa poderá chegar até 75% do valor integral.

Veja a lista com os cursos mais disputados do projeto:

  • Administração;
  • Educação Física;
  • Marketing;
  • Psicologia;
  • Serviço Social;
  • Engenharia de Produção;
  • Fisioterapia;
  • Direito;
  • Biomedicina;
  • Pedagogia;
  • Nutrição;
  • História;
  • Farmácia;
  • Engenharia Civil;
  • Ciências Contábeis;
  • Gestão de Recursos Humanos;
  • Enfermagem;
  • Logística.